Buscar
  • Lucia Teixeira

49% dos brasileiros com mais de 45 anos nunca fizeram o exame de toque retal


Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) feita com homens acima de 45 anos, em oito capitais brasileiras, aponta que 49% dos entrevistados nunca fizeram exame de toque retal, embora 77% afirmem saber que o câncer de próstata é o mais comum entre os homens acima de 50 anos. Ainda segundo o estudo, 24% deles não gostam ou acreditam que o teste é pouco másculo, e 13% não acham necessário.

O estudo apenas reafirma a percepção médica de que o preconceito masculino em relação ao exame de toque retal ainda é um obstáculo a ser vencido. Por isso, o Dr. Adagmar Andriolo, médico patologista da Unifesp, alerta sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Em entrevista à BandNews TV, ele falou também sobre as novidades clínicas para a detecção do câncer de próstata, entre elas o exame phi -índice de saúde da próstata. O novo teste reduz em 30% a necessidade de biópsia prostática, é mais eficaz que o conhecido PSA e ainda consegue determinar o grau de agressividade do câncer.

O phi é recomendado pela National Comprehensive Cancer Network, nos Estados Unidos, como melhor ferramenta para o diagnóstico do câncer de próstata.


25 visualizações

© 2020 Índice da Saúde da Próstata - phi. Todos os direitos reservados.